segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Qual a graça do Ano Novo?

Lembra quando eu disse que eu adoro o Natal e que essa é uma das minhas épocas preferidas do ano? Bom, o mesmo não acontece com o Ano Novo. Eu não vejo muita graça em ficar esperando chegar meia-noite, abraçar todo mundo, vestir uma roupa branca/vermelha/amarela ou qual seja a cor que você escolheu e a representação que ela tem.

Hoje eu to de mau humor e fico imaginando se conseguirei aproveitar essa passagem de ano. Realmente espero melhor ate lá, não quero brigas nem nada disso, isso só me deixaria mais pra baixo.

De qualquer forma eu vou vestir minha roupa nova. E se caso vocês estejam curiosos pra saber qual a cor que eu escolhi, é branco. Como todo ano. Eu realmente acho que essa é a cor que se deve usar na passagem de ano, e acho que o mundo está precisando.

O mundo está uma bagunça. Eu perdi a fé na raça humana ultimamente. E Branco deveria ajudar as coisas, trazer um pouco de paz ao mundo. Acho que ando pensando muito a respeito disso. Uma consequência do livro que estou lendo (sim, o da Anne Frank). Vou tentar rezar para um pouco de paz no meio deste caos que é a humanidade. Somos parasitas e temos que parar com isso.

Vamos ver se o branco ajuda.
Mas de qualquer forma, Feliz Ano Novo a Todos.
E juízo. Vamos pensar um pouco mais nos nossos atos e tentar melhorar o mundo.

Acho que no final é isso que se trata o Ano Novo, repensar nossos atos e tentar melhorar as coisas. Se for isso, então acho que eu entrei no clima, não é?

Um comentário:

ana helena disse...

odeio natal,mais ainda ano novo...
mesmo assim:FELIZ ANO NOVO!!!
=*