sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Guarda-Chuva


Chovia. E o mundo era muito mais bonito quando chovia, as luzes parecem brilhar mais e o mundo parece mais leve. Ela caminhava entre um salto outro, sentindo as gotas da água e não se importando de estar com par de sandálias errada. Parou no sinal e murmurou em sinal de reprovação quando viu o seu ônibus passar correndo em sua frente. Dois rapaz ao seu lado viraram-se, sorrindo entre si e um deles ainda tentou chamar o ônibus, em vão.


- Acho que ele não ouviu – murmurou o primeiro, enquanto passava seu guarda-chuva para o segundo e dizia: - cobre ela.


Ela quis falar que preferia ficar na chuva e que gostava de sentir as gotas e quanto tudo aquilo era maravilhoso e que era a primeira vez em muito tempo que ela não se sentia tão bem, mas decidiu ficar calada e apenas aceitar a gentileza.


- Então, você estuda na UFAC? - ele perguntou enquanto o sinal abria e os dois caminhavam em baixo do guarda-chuva.

Um comentário:

Eu disse...

de quem é a foto?