segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

ternas lembranças

- Vamos correr na chuva ate a parada da frente?
- Só se for de mãos dadas, que nem naquele filme, Os Sonhadores.


(...)

Vamos, segura a minha mão e corre. Ate o pulmão não agüentar. Ate as calças e bolsas caírem. Ate as pernas ficarem fracas. Corre, segura minha mão e vamos. Que nem naquele filme, porque, putaquepariu, eu sempre quis fazer aquilo. Não é uma galeria de arte, mas está chovendo e isso é muito bom. Vamos correr na chuva, deixar para trás tudo o que foi. Fofocas, tristezas, problemas, segredos, ex-namorados, mentiras e tudo mais. Vamos, corre, rápido, mais um pouco. Mas não solta a minha mão, que eu to ficando sem ar. Você é quem me faz continuar correndo. De olhos fechados e tudo. Depois de hoje, só ternas lembranças.

3 comentários:

Magda Tomaz disse...

Deixa eu correr também?

Veriana Ribeiro disse...

sempre

♪. disse...

own *-* não larga a minha mão!