sábado, 22 de novembro de 2008

A primeira lição

Eu tenho essa tendência de querer parecer misteriosa. Eu sou uma coisa simples, fácil, simplória mesmo. Ta, é mentira. Sou uma disléxica porra louca, escondida no meio disso tudo. Mas olha, eu queria dançar a noite toda do seu lado, sabia? Adoro, é uma coisa, assim... Que me alegra. Queria passar a noite toda caminhando de mãos dadas pela rua deserta. Conversas sobre Saramago, Amy Winehouse e peças de teatro. Because you know that i’m no good. A primeira lição? Eu quero que você me ensine. Você pode sussurrar o que quiser no meu ouvido.
- A partir de hoje eu vou treinar um “eu te amo” incompreensível.
- Eu já faço isso.

Mentira. Sempre. Eu sou uma mentirosa compulsiva. Você sabia? Bom, agora sabe. Mas aqui eu sempre falo a verdade, ate mesmo quando estou mentindo. Sou Alice, já disse. Às vezes eu queria ficar bêbada só para poder falar enrolado, daquele jeito sexy, que nem a menina do Luisa Mandou um Beijo naquela música lindíssima que não sai da minha cabeça. Ei querido, vamos fazer um pacto? Vamos ficar bêbados e sair andando pela rua de mãos dadas? Eu vi isso em um filme, ou numa foto, já nem sei mais. Algo meio assim, La Doce Vida. Adoro essa cena. Queria ver esse filme todinho. Queria ser uma atriz de cinema antigo, naquela época ate ficar bêbado era bonito. Sabe, eu preciso de um pouco de romance na minha vida, daqueles assim, que me façam cometer loucuras e me arrepender depois. Eu nunca me arrependi de nada, sabe? Pronto, agora eu quero ouvir Câmera Obscura. E dançar e beber a noite toda. Só pra ficar mais perto de mim. Eu queria entender tudo, tudinho, cada pedacinho. Não entendo nada, nunca. Sou sempre perguntas.
- And you can see the tears in my eyes. I like the free days with no expectations.

“Todo dia eu me apaixono por uma pessoa diferente”. Eu li isso em algum lugar, achei tão lindo. Às vezes eu queria ser assim, só um pouco Raquel. Só um pouquinho, sabe? Eu quero ser conquistada. Assim, com um sussurro baixinho mesmo. Eu não tenho a pretensão de nada. Agora com licença que eu vou treinar no banheiro como me apaixonar.

5 comentários:

Anne Nascimento disse...

ahhh
num belo dia, e veja bem, talvez não tão distante, você não vai precisar de treinamentos.

e é aí que a merda começa.

ficadica.

Jeronymo Artur disse...

que texto FODA veriana! ;)

to me sentindo mais ou menos assim.

Eu disse...

cuidado, quando menos perceber você estará cantando roberto carlos a plenos pulmões.

quando eu chegar quero que me cantem "eu voltei"
'eu volteeeei agora pra ficaaaarrrrr
por que aquiiii aqui é o meu luuugaaarrr"

o rei é foda.

Janu Schwab disse...

em tom sisudo: ignore as comparacoes e as transferencias (positivas ou nao). elogios são como ofensas: só servem pra nos tirar de órbita.

Janu Schwab disse...

mas...

vc já é outra pessoa! diferente de muitos. muitos.