terça-feira, 27 de maio de 2008

Café

Nunca gostei do sabor do café. Amargo, A-mar-go, Amar-go. Amar. Amor. Amou. Amo. Mas sempre amei (amo) o cheiro do café. Tem cheiro de infância. Ou seria o contrário?

5 comentários:

Pai disse...

Amar-amaro, diz Drummond. Filha, gosto mais de ti do que de café. E tu sabes que eu gosto de café...

Nathália disse...

Eu amo café.
É tipo meu combustível... sei lá.
E me lembra mesmo a infância... Quando eu ia pra casa da minha vó e comia pãozinho de forno com café, tudo feito por ela. *-*

Beijo, moça!

Ana Helena disse...

de café eu gosto!
o/

Maldito disse...

Eu bebo café pra manter a fé,...
Só considero o dia realmente iniciado depois de dar umas boas bebericadas no pretinho,...
Bjs

GiselleXL disse...

Caraaaaaaaaaaca Veri-veri!
nao acredito!!!!
olha só, eu tbm odeio café!
a ponto de sentir nojo mesmo..
mas o cheiro me agrada...
ahuehuahueha
=D