sábado, 16 de fevereiro de 2008

We’ll find a cathedral city you can convince me I am pretty

"Oh Lloyd, I'm Ready To Be Heartbroken and Get Out of this Country"


Adoro Camera Obscura, e parece que só porque não estou com as musicas no pendrive, decidi ficar louca pra ouvir. Mas como o simples ato de andar ate o meu quarto, ligar o meu computador e pegar as músicas me faria sentir dores (graças ao maldito tumor na minha perna) estou tendo que me contentar em ouvir pelo You Tube. E como minha internet é lentíssima (e hoje decidiu ficar ainda pior), ta demorando um século pra eu ouvir as músicas...

Já tinha postado aqui uns trechos de umas musicas dessa banda maravilhosa. Mas vou fazer um post mais adequado mostrando meu amor por eles. Faz um tempinho que eu não ouço, umas duas semanas acho, talvez mais.

Mas só em ouvir o começo de “Let's get out of this country” já me arrepiou toda. Rayza diz que toda vez que ouve essa banda lembra de mim. Que eu realmente pareço com as músicas. Acho que é verdade, pois o refrão de “Come back Margaret” já se tornou o meu perfil.

A propósito, a Rayza chega amanha, pelo menos é o planejado. Segundo ela vai dar de boa de aparecer no Diego’s pra comer com a gente. Juro que quando soube disso fiquei torcendo pro meu tumor espocar no sábado (soube na sexta, só para esclarecer), e o pedido foi atendido. O que me remeteu a uma seção de tortura e um dia inteiro gemendo de dor cada vez que me movimentava... Mas amanha já estarei melhor e poderei ir me encontrar com o pessoal, o que me alegra muito.

Estou órfão de fanfic. Estava lendo uma muito boa da Shampoo-chan, que me matava de rir, pois era uma comedia, mas agora já li todos os capítulos postados e não tenho mais o que ler. Fico pulando de blog para blog... Da Raquel para a Lola...

Estou meio chateada porque não consigo escrever nada decente nos últimos dias. É realmente frustrante, especialmente quando não param de vir idéias na minha cabeça, mas toda vez que as passo pro papel elas ficam... Idiotas e desinteressante. Na cabeça é tudo maravilhoso, mas parece que é só eu transformar em palavras que passo a odiar.

Não consigo parar de ouvir Câmera Obscura, simplesmente não consigo... To vendo o clip de “Let's get out of this country” e é tão bom. Achei a menina de óculos uma fofa e me apaixonei pelo cabelo curtinho da outra. Ai, dá vontade de comer essas duas. (ando com um terrível mania de querer comer pessoas fofas, comer mesmo, com mordidas... Acho que ando lendo muito o Blog da Raquel. Falando nela, li algo muito legal hoje [clique aqui], ah, já to fugindo do assunto) “Lloyd I'm Ready To Be Heartbroken” também é ótimo, e ainda tem os carinhas com roupa dos anos 70(?) [sou péssima em lembrar os estilos das décadas, sempre confundo] dançando. Adoooro. Também adoro os títulos das músicas, sempre me fazem imaginar mil historias.

Bem, como não vou sossegar ate colocar o link das musicas aqui... Então ai vai:

Lloyd I'm Ready To Be Heartbroken
[música] [letra]

Let's get out of this country
[música] [letra]

Come back Margaret
[música] [letra]



2 comentários:

Anne Nascimento disse...

Daí que você não consegue escrever, e eu não consigo fazer uma fachada decente.

Me dá uma ajuda, tia?

Um produto da mente disse...

Oi!
Já ouvi Camera Obscura, mas faz tempo,não lembro muito bem do som, mas vou pésquisar. Poxa, vc deve conhecer muita coisa do estilo indie-alternativo-que-pouca-gente-conhece-mas-que -são-muito-legais. (Ou pode ser q todo mundo conhece, menos eu). Podemos trocar figurinhas? Vc já ouviu?: Devendra Banhart, Cocorosie, Múm, Vetiver...
O que me veio a mente agora foram esses. Bom, é isso. Fica na paz.