terça-feira, 4 de dezembro de 2007

desabafo

Sinto que se eu for me deitar irei chorar. Chorar ate não aguentar mais. Ate meus olhos ficarem inchados e eu não ter mais forças. Odeio brigar com você, simplesmente odeio. E odeio saber que o que eu escrever aqui muito provavelmente ira te magoar. Pra valer. E eu não quero isso, mas eu preciso falar.


Estou cansada de ficar calada.


Eu não gosto dela. E sinceramente, acho que tenho todo o direito disso. Pronto, falei. Eu não queria falar, mas eu preciso. Isso já está entalado na minha garganta há muito tempo. E não me pergunte se um dia isso irá mudar. Não sei, mas provavelmente não. ela me dá náuseas. Esses sentimentos são meus.

Exclusivamente meus.

Eu sei que você gosta dela, talvez ate a ame. Mas não me peça pra gostar dela, ser gentil ou aceita-la. Eu simplesmente não consigo. Nem por você.

Eu odeio falar isso, mas sinto que se não falar agora nunca mais terei coragem. Sei que ler isso está te machucando, e eu odeio isso, me odeio por te machucar e te fazer sofrer, mas ficar com essas palavras entaladas na minha boca estavam me ferindo pouco a pouco. E eu simplesmente não aguentava mais.





Me desculpe.
Mas é assim que eu me sinto.
E já estava mais que na hora de você saber.



(eu sei que não deveria estar falando essas coisas aqui. São muito pessoais. Mais precisava desabafa, e nunca poderia fazer isso te olhando nos olhos ou ate mesmo por telefone. Este foi o único meio que encontrei.)

3 comentários:

GiselleXL disse...

Aiai Veri-veri..
as coisas com as palavras ditas..
são difíceis..

Thiago_Mendes disse...

ai ai, provações de uma vida transitória ;x
o bom eh que elas te fazem adquirir novos valores :]


=*

Kaline Rossi disse...

Eu adoro chorar, até os olhos pedirem arrego.
É uma forma de desabafar consigo mesma quando não tem com quem fazer isso..
bjinio
=*